Passos que o Brasil deve dar para acordar economicamente

junho 1, 2017 Comentários desativados em Passos que o Brasil deve dar para acordar economicamente

A chegada da crise acabou assustando muitas pessoas, tanto brasileiros como estrangeiros. Alguns chegaram a pensar que o Brasil não teria mais jeito, principalmente, quando vieram as notícias de rebaixamento de sua nota de crédito pela agência Standard & Poor’s, por exemplo.

Já temos visto algumas atitudes do governo atual com o intuito de levantar a economia brasileira. A maioria destas mudanças propostas pelo governo atual tem como principal objetivo dar um impulso na economia através do consumo, aumentando e deixando mais barato as linhas de crédito.

Mas as coisas parecem que começaram a melhor, porém, ainda estamos um pouco longe da economia brasileira estar no seu patamar ideal, concorda?

Pensando nisso, vamos separamos alguns passos que o Brasil deve dar para acordar economicamente.

O Brasil precisa de um plano de ação para acordar economicamente

Se não conseguimos alcançar objetivos e melhorar a nossa vida financeira sem planejamento, imagina arrumar toda parte financeira de um país, você não concorda? Então, por conta disso, um dos passos que o Brasil deve dar para acordar economicamente é fazer um planejamento que deve ser realizado junto com os ministros e o presidente.

Após este planejamento feito pela equipe especializada, o ideal é montar um plano de ação de como serão alcançadas as metas estabelecidas para termos uma melhoria na economia brasileira.

Claro que dentro deste plano de ação deve haver muita transparência com a população brasileira, já que não adianta ter mudanças de atitudes para que a economia do Brasil acorde se, infelizmente, continuam acontecendo desvios de dinheiro.

O ideal seria submeter as políticas públicas a avaliações se as atitudes estão dando certo ou se vão precisar de mais mudanças/ adaptações.

Ajuste fiscal é um dos passos que o Brasil deve dar para acordar economicamente

De acordo com economistas presentes em debate promovido pela agência de notícias Bloomberg e Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), em São Paulo, o ajuste fiscal é o principal e primeiro caminho que deve ser seguido.

Segundo o economista-chefe da Bradesco Asset Management, Fernando Honorato, o Brasil terá que realizar um novo pacto social. Cada estado brasileiro tem que caber em sua economia.

O Brasil precisa ter de volta a credibilidade das agências internacionais para conseguir colocar a dívida que temos em trajetória sustentável.

Redução de despesas extras!

Este item parece meio óbvio quando pensamos em melhorar a economia, né? Afinal, quando estamos passando por apuros financeiros a primeira coisa que fazemos é cortar itens supérfluos da nossa lista ou tentamos diminuir as contas fixas. Então, com o Brasil não será diferente.

Mais um passo é implementar cortes de despesas que, neste momento de crise, não são essenciais para o bom funcionamento do país.

A redução da rigidez de gastos do governo fará com que as receitas sejam poupadas, desta forma, fará financiamento das despesas em período de crescimento econômico menor.

Alteração da Reforma da Previdência

Aqui chegamos a um dos assuntos mais polêmicos nos últimos tempos, certo? Muitas pessoas não têm concordado com as medidas que o governo atual quer tomar na Previdência. Infelizmente, para que o Brasil volte a crescer é necessário que o regime de aposentadoria seja por idade mínima e não por tempo de contribuição.

Você sabia que as despesas da Previdência representam mais da metade dos gastos que o governo tem por ano? Pois é! Outra medida que também é necessário ter é arrumar algumas distorções da Previdência que fazem com que o governo tenha um custo alto.

A competitividade também pode ser um dos passos

Primeira coisa: o governo precisa baixar as tarifas de importação. Você consegue imaginar quantas empresas viriam para o Brasil se pagassem menos impostos? Muitas, não é mesmo? Afinal, quantas já foram embora por que não conseguem manter o pagamento de tantas taxas em dia?

Com esta medida, teríamos mais consumo no Brasil, fazendo com que a economia cresça ainda mais. Além disso, conseguiríamos também os ajustes das empresas locais, que teriam acesso a bens mais eficientes e, com isso, aumentaríamos a sua produtividade.

Dados mostram que o Brasil já está acordando economicamente

Confira alguns dados que comprovam que as coisas estão melhorando:

  • Em agosto de 2016, o Brasil atraiu US$ 7,2 bilhões de investimentos que foram destinados ao setor produtivo, um volume de 37,3% maior que o registrado no mesmo período de 2015.
  • Os economistas projetam uma alta de 1,1% na produção industrial neste ano de 2017 e de 2,25% no próximo ano (2018).
  • Ainda segundo especialistas, após quatro anos seguidos de queda, o mercado de veículos no Brasil, em 2017, deverá ter crescimento perto dos dois dígitos.
  • Já no setor imobiliário, os números de lançamentos de imóveis aumentaram 70% em agosto de 2016 se compararmos os dados do mesmo período de 2015.

E você, o que acha que o Brasil deve fazer para acordar economicamente?

  • Published On : 3 meses ago on junho 1, 2017
  • Author By :
  • Last Updated : junho 1, 2017 @ 10:51 am
  • In The Categories Of : Main